Por: R$ 49,95

Preço a vista: R$ 49,95

Cachaça Magnifica Bica Do Alambique 500Ml
Cód.:
640_0_0_U
Fabricante:

Por: R$ 49,95

Preço a vista: R$ 49,95

Comprar

Outros vendedores

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Informações do produto

Transparente, possui uma mescla de aromas frutados, adocicados, florais e de milho.

A Cachaça

Em 1985 João Luiz de Faria se lançou na aventura de resgatar a tradição e produzir uma cachaça de qualidade nas montanhas do Rio de Janeiro, no Município de Vassouras. Convencido do imenso potencial da cachaça, empenhou-se junto com outros produtores e órgãos do setor, pelo seu reconhecimento, valorização e qualificação trabalhando na criação do Programa Brasileiro da Cachaça - PBDAC em 1997, que deu ;Origem em 2006 ao Instituto Brasileiro da Cachaça – IBRAC. No mesmo ano o Ministério da Agricultura criou a Câmara Setorial da Cadeia Produtiva da Cachaça, da qual ele teve a honra de ser nomeado como primeiro Presidente.

Hoje João Luiz sente orgulho pelo reconhecimento que a Magnífica vem recebendo, acumulando vários prêmios, sendo o maior destaque a classificação da Magnífica Reserva Soleira em 2° lugar na Cúpula da Cachaça de 2014, entre mais de 1000 cachaças, confirmando o alto padrão de qualidade de seus produtos.

Na época de registro da marca, sua esposa era a Magnífica Reitora de uma universidade carioca. Daí a ;Origem do nome escolhido para a cachaça.

Um momento importante de sua história, foi quando em 2003 formaram uma parceria com a então pequena cadeia de restaurantes inglesa Las Iguanas. Junto com eles, tem criado nos consumidores a cultura e o prazer de se degustar as melhores caipirinhas. Depois dos ingleses, o interesse pela Magnífica surgiu em vários outros países e hoje vendem mais no mercado externo, que no Brasil!

História do Alambique

A Fazenda de Anil foi adquirida em 1985 pela JLF Agropecuária empresa do engenheiro João Luiz Coutinho de Faria. Situada em Vassouras região serrana do estado do Rio de Janeiro no limite dos municípios de Paty do Alferes e Miguel Pereira (por onde é feito o acesso) possui 90 alqueires de terra e é rodeada por montanhas com altitudes entre 700 e 850 metros onde é cultivada a cana-de-açúcar. Nessa fazenda onde a Cachaça Magnífica é produzida com este nome desde 1997 estão instalados o engenho o alambique e os tonéis de envelhecimento.

O processo de produção é cuidadoso em todas as etapas o que garante a qualidade da bebida. A cana-de-açúcar é cortada manualmente sem queima e a extração do caldo é feita no mesmo dia. A fermentação ocorre em dornas de aço inox com seleção de leveduras. A destilação é feita no "Alambique Alegria" de cobre um dos únicos que continuam em operação no Brasil que se diferencia pelo fato de ter três corpos e permitir a destilação de 2 mil litros de mosto fermentado a cada batelada. Para o afinamento são usados tonéis de aço inox tonéis de ipê de 50 mil litros barris de carvalho de 200 litros e o sistema de "soleira" (usado na produção de jerez) pioneiro no envelhecimento da cachaça.

João Luiz Coutinho de Faria que desde o início esteve envolvido ativamente no processo de valorização da cachaça no Brasil foi um dos participantes na formulação e criação do Programa Brasileiro de Desenvolvimento da Cachaça lançado em 1997 que posteriormente deu ;Origem em 2006 ao Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac). Em 2005 ele recebeu o Troféu Ouro para Produtor no XXV Troféu Internacional de Alimentação e Bebidas New Millennium Awards.

Especificações

Informações página de produto

VALOR REFERENTE48%
UFRio de Janeiro

Especificações

ESTADOVassouras - RJ